DPVAT Detran PA 2018 – Seguro Obrigatório. Como Consultar e Realizar o Pagamento

O DPVAT é o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. Regido pela lei federal nº 6.194/74, o pagamento é junto com o IPVA e indeniza vítimas de acidentes de trânsito. Os valores são R$2.700,00 para reembolso de despesas médicas comprovadas e R$13.500 para morte ou invalidez permanente.

Todos os envolvidos recebem, desde que os ferimentos estejam dentro da cobertura. O prazo para requerimento é até 3 anos. Homossexuais conquistaram direito à indenização em 2016.

A cobrança do DPVAT Pará 2018 varia conforme o tipo de veículo. Para automóveis, por exemplo, o valor é R$ 105,65 sem opção de parcelamento. Para motocicletas, o valor é R$ 292,01 podendo ser quitado à vista ou parcelado.

A relação dos tipos de veículos e valores do DPVAT pode ser verificado no site http://www.detran.pa.gov.br/. O acesso à consulta DPVAT Pará 2018 redirecionará ao site do administrador, a Seguradora Líder, onde também imprime a guia. Vale lembrar que a guia de pagamento não é entregue pelos Correios desde 2014. Outras formas para obter o documento são no site https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/.

Como emitir 2a via DPVAT no Detran PA?

Primeiro, vamos explicar como emitir a 1ª via do DPVAT no Detran PA.

  1. Entre no site http://www.detran.pa.gov.br/.
  2. Nesse site, você deverá clicar no botão “Veículos”, conforme imagem abaixo e então em “Serviços Online”;
  3. Clique na opção “Consulta Veículo Resumida”;
  4. É preciso informar o número da placa do veículo e preencher corretamente o código de segurança requisitado.

Caso você não receba a guia de pagamento, dá para emitir a 2a via do DPVAT no Detran PA.

  1. Para isso, entre no site https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/. Você também será redirecionado à página da Seguradora Líder.
  2. Para emitir um novo boleto é necessário informar: número de Renavam, número de CPF/CNPJ, estado de emplacamento e placa respectiva, ano de expedição, e-mail e preencher o código de segurança corretamente.

Como dissemos, antes, os valores do seguro DPVAT variam. As modalidades de pagamento também mudam de acordo com a modalidade. Saiba quais são as taxas vinculadas a cada tipo de veículo e se há opção de parcelamento para o seu:

  • Automóveis e caminhonetas particulares, incluindo carros oficiais, veículos em missão diplomática e corpo consular: R$105,65 – pagamento somente à vista;
  • Táxis, carros de aluguel e de aprendizagem: R$105,65 – pagamento somente à vista;
  • Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais: R$396,49 à vista ou 3x de R$134,00;
  • Micro-ônibus com cobrança de frete com lotação até 10 passageiros, ônibus e micro-ônibus sem cobrança de frete urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais: R$247,42 ou 3x de R$84,30;
  • Ciclomotores: R$134,00 – pagamento somente à vista;
  • Motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares: R$292,01 à vista ou 3x de R$99,17;
  • Caminhões, pick-up com capacidade até 1.500 kg, máquinas de terraplanagem, equipamentos móveis em geral e outros veículos: R$110,38 – pagamento somente à vista.

O que acontece a quem não paga o DPVAT?

O DVPAT é um seguro obrigatório. Seu pagamento é feito junto com o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). As consequências de não pagar o DPVAT não incluem juros nem perda do veículo. Quem não pagar em dia não conseguirá licenciar o carro.

Caso o motorista sofrer acidente e houver vítimas, somente elas serão indenizadas. O dono do veículo, além de arcar com suas despesas médicas ainda terá que reembolsar a seguradora.

Quem pode solicitar indenização DPVAT?

O seguro DPVAT não cobre roubos, furtos, incêndios e colisões. Acidentes fora do país, multas e danos físicos causados por radiação e combustível nuclear também não. A cobertura do DPVAT inclui reembolso de despesas médicas, deficiência permanente e morte. O requerimento do seguro dispensa intermediários.

As vítimas ou beneficiários podem solicitar em seguradoras ou agências dos Correios. Para conhecer seguradoras autorizadas, entre no site http://www.susep.gov.br/, clique em Atendimento ao Público, depois no link DPVAT, por fim no link “Empresas que fazem parte do seguro DPVAT”.

O documento exigido em todos os casos é o boletim de ocorrência. Para a indenização em caso de morte também são necessários certidão de óbito e documento que comprove o grau de parentesco. Para invalidez permanente, relatório médico, prova de atendimento expedido pelo médico e laudo do Instituto Médico Geral.

Para reembolso de despesas, prova de atendimento expedido pelo médico, além de notas fiscais/recibos. O prazo para pagamento da indenização DVPAT é de 15 dias. Lembrando que todos os envolvidos recebem, exemplo, acidente com 4 vítimas, as 4 pessoas são indenizadas.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply